Atualizado 14/05/2018

Censo Agro do IBGE já levantou dados de aproximadamente 700 propriedades de Passos Maia

Números preliminares foram apresentados em reunião realizada nesta quinta-feira

Os dados preliminares do Censo Agro do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) levantados no município de Passos Maia foram apresentados em uma reunião com a Comissão Municipal de Geografia e Estatística na manhã desta quinta-feira, dia 10. No entanto, os números serão divulgados oficialmente apenas a partir de julho.

 

O coordenador de subárea do IBGE de Concórdia, Roberto Thums, responsável pelo censo em Passos Maia, explicou que o trabalho ainda não está concluído. Segundo ele, toda a coleta já foi praticamente finalizada, mas ainda são necessários alguns ajustes e análises de questionários que possuem pendências.

 

“Eventualmente, alguns produtores poderão ser reentrevistados ou receber uma ligação do IBGE para confirmar alguns detalhes. Mas nós estamos com aproximadamente 700 estabelecimentos agropecuários recenseados no município de Passos Maia, uma área acima de 80%, pouco mais de 51 mil hectares, onde a gente acredita que grande parte das informações já esteja compilada”, disse Roberto.

 

Entre as informações, o censo levantou dados sobre a agricultura, extração vegetal, criação de todos os tipos de animais, beneficiamento e transformação de produtos agropecuários. As coletas foram feitas por meio do preenchimento de um questionário eletrônico, quantificando o total de estabelecimentos agropecuários e o que produzem; utilização de pessoal e mão de obra; caracterização do produtor; distribuição e uso de terras e outros levantamentos do setor, todos referentes ao período de 1º de outubro de 2016 a 30 de setembro de 2017.

 

O último levantamento com foco no setor agropecuário realizado pelo IBGE já tem mais de dez anos, com data ainda de 2006. “O município de Passos Maia vem se desenvolvendo muito e muito rápido na produção agrícola. Muitas áreas que lá atrás eram improdutivas ou de campos naturais, com produção de gado, hoje estão se tornando lavouras. Tem índices muito interessantes de produtividade que com certeza vão chamar atenção na divulgação dos dados”, adiantou Roberto.

 

 Os primeiros resultados do Censo Agropecuário deverão mostrar o perfil do produtor rural por sexo, idade, cor ou raça, alfabetização e escolaridade, utilização das terras, efetivos da pecuária, produção animal e vegetal, a forma de obtenção das terras e as práticas agrícolas utilizadas no estabelecimento, entre outras informações. A divulgação será feita a partir do segundo semestre.

Fonte: Assessoria
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções