Atualizado 05/10/2017

Circuito com serviços para saúde da mulher vai marcar Outubro Rosa em Passos Maia

Secretaria de Saúde do município também tem roteiro de coleta do preventivo na cidade e no interior

As mulheres são o foco das ações de saúde neste mês. Marcando a passagem do Outubro Rosa, a Secretaria de Saúde de Passos Maia prepara para o próximo dia 26, uma quinta-feira, um evento especial com uma série de atendimentos voltados ao público feminino.

 

Um circuito de atividades vai acontecer durante a tarde no Centro Comunitário. A ação será aberta às 13h30, com estandes montados para as mulheres receberem serviços de auriculoterapia, massoterapia, beleza, orientações de prevenção ao câncer de mama e útero, alimentação saudável, preventivos e mamografias. O dia ainda terá atividades físicas, orientações sobre casos de violências e direitos da mulher e um estande de saúde bucal, com orientações, limpezas e avaliações.

 

“Elas vão passar por todos esses estandes e sair munidas de informações”, destaca a secretária de Saúde de Passos Maia, Nilvania Bortolini de Oliveira. “Nem todas as mulheres procuram e sabem que nós temos todos esses serviços. Além disso, a gente vai conseguir fazer com que elas entendam que a saúde delas é muito importante”, avalia.

 

Coleta de preventivo

 

A Secretaria de Saúde elaborou um roteiro para as coletas do preventivo na cidade e no interior. Todas as segundas-feiras à tarde e manhãs das quintas-feiras o exame é feito no Posto de Saúde do Centro. Na Linha Indumel já houve uma coleta nesta semana, mas outra está marcada para o dia 18. No Posto de Saúde da comunidade Dom Carlos será nos dias 9 e 23. Já no Assentamento Zumbi dos Palmares, onde a demanda é maior, as mulheres podem realizar o preventivo todas as terças-feiras à tarde.

 

“Temos feito um levantamento e ficamos muito felizes que as nossas mulheres não estão deixando os exames só para outubro. A gente percebe que a coleta de preventivo e as mamografias têm sido feitas de forma constante. Hoje o nosso município já não possui fila para a mamografia, que é um dos exames mais importantes. Todos os anos havia uma fila de cento e poucas mulheres, onde a gente não conseguia suprir a demanda. Hoje conseguimos”, destaca a secretária.

 

Nilvania também reforça o pedido para que as mulheres do interior realizem o preventivo nas próprias unidades de saúde das comunidades. “Às vezes a mulher tem um pouco de vergonha ou pensa que no local não vai ter o material necessário. Mas todas as enfermeiras estão preparadas para fazer a coleta nesses postos”, assegura a secretária.

Fonte: Assessoria
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções