Atualizado 08/09/2017

Polícia Civil faz nova operação contra facção responsável por atentados em Santa Catarina

 Luiz Carlos Souza / NSC TV / NSC TV
Luiz Carlos Souza / NSC TV / NSC TV

A Polícia Civil faz nesta sexta-feira a segunda operação contra a facção organizada responsável pelos ataques deste mês em Santa Catarina em dois dias. A ação intitulada de Hidra de Lerna ocorre em Balneário Camboriú, Camboriú, Itapema, Navegantes, Penha, Balneário Piçarras e Joinville com o trabalho de 200 policiais civis de diferentes regiões do Estado. A coordenação é da Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Balneário Camboriú.

Segundo os agentes, estão sendo cumpridos 72 mandados de prisão e 57 de busca e apreensão expedidos pela Justiça. A operação não é desdobramento do trabalho feito pela Polícia Civil na quinta-feira, que cumpriu 100 mandados judiciais, mas sim uma ação paralela. Em ambas, no entanto, o alvo é o mesmo: a facção catarinense apontada como mandante e executora das cinco ondas de atentados ocorridas no Estado desde 2012.

O nome, Hidra de Lerna, remete à mitologia grega, em que Hidra era um monstro, filho de Tifão e Equidna, que possuía várias cabeças, e ao cortar uma delas, outras duas nasciam em seu lugar. É uma alusão à dinâmica do grupo criminoso, onde mesmo com a prisão de líderes, novos bandidos assumem o comando das ações.

Às 10h30min desta sexta-feira a Polícia Civil dará uma coletiva de imprensa na sede da DIC de Balneário Camboriú.

Foto: Polícia Civil / Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação

Fonte: Diário Catarinense
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções