Atualizado 10 horas atrás

Procedimento cardíaco avançado é realizado no Hospital Unimed Chapecó

Benjamin recebe o carinho da mãe na UTI Neonatal enquanto se recupera antes de ir para casa (crédito Andressa Recchia)
Benjamin recebe o carinho da mãe na UTI Neonatal enquanto se recupera antes de ir para casa (crédito Andressa Recchia)

 

O Hospital Unimed Chapecó já é referência na realização de procedimentos de alta complexidade, especialmente, na área de Cardiologia. Recentemente, foi realizado pela primeira vez na instituição cooperativa o procedimento para correção do Canal Arterial Patente ou Persistente (PCA), que é a comunicação entre a aorta e a artéria pulmonar.

 

O paciente submetido ao procedimento foi um bebê nascido de 28 semanas, de uma gestação gemelar. Devido ao nascimento prematuro, o problema foi identificado no recém-nascido durante a realização de um exame de Ecocardiograma de controle, na UTI Neonatal. Em casos de bebês prematuros a presença de um canal arterial persistente é comum e pode ser danosa devido ao excessivo fluxo de sangue para os pulmões que, consequentemente, leva a sobrecarga de sangue ao coração.

 

O bebê passou por tratamento medicamentoso sem resposta e, então, precisou ser submetido ao procedimento cirúrgico. Anteriormente, pacientes que não respondiam à medicação precisavam ser encaminhados para hospitais de outras cidades como, Joinville, Porto Alegre ou Curitiba. A cirurgia, que teve duração de cerca de duas horas, contou com suporte de equipe médica assistente e UTI Neonatal e foi realizada pelo médico cirurgião cardiovascular e cooperado da Unimed Chapecó, Dr. Leonardo Lacava Lopes.

 

O médico, que já realiza procedimentos desta natureza na cidade de Xanxerê, é chefe do serviço de Cirurgia Cardíaca do Oeste Catarinense há mais de 10 anos, com mais de 5 mil, cirurgias cardíacas realizadas na região. "A princípio, pode-se induzir o fechamento da artéria com medicação ou por cateterismo cardíaco, de acordo com a disponibilidade e anatomia. Conforme indicação dos médicos neonatologistas, pediatras e cardiopediatras, pode-se discutir com a família a indicação de fechamento por cirurgia", comenta Dr. Leonardo.

 

Também tiveram participação no processo, desde o diagnóstico, até a decisão pela cirurgia, os médicos cooperados, Dr. Rafael Queiroz dos Santos (Pediatra – área de atuação em Cardiologia) e Dra. Maria de Fátima Pinetti (Pediatra – área de atuação em Terapia Intensiva Pediátrica). Dr. Rafael salienta a estrutura necessária para a realização deste tipo de cirurgia e a importância de uma equipe qualificada. "Primeiramente, necessita-se de uma UTI Neonatal, equipe de cirurgia cardíaca especializada e equipe de cardiologia pediátrica. Felizmente, temos tudo à disposição no Hospital Unimed Chapecó, evitando-se assim a necessidade de transferência de um bebê prematuro com complicações para outra região do Estado ou do País. "

 

Gratidão

 

A notícia de que seria mãe de gêmeos chegou como a realização de um sonho para Cleunice Bettu, mãe do pequeno Benjamin, que passou pela cirurgia. Ele veio ao mundo por parto cesárea, no dia 1º de junho, pesando com 995g e acompanhado do irmão Bernardo, nascido com 1.280kg. Cleunice afirma que não foi fácil receber a notícia de que os bebês precisariam ficar na UTI por terem nascidos tão pequenos. Mais difícil ainda, segundo ela, foi a notícia de que o Benjamin seria submetido ao procedimento.

 

Por outro lado, mesmo sabendo dos riscos, afirma que em momento algum perdeu a esperança ou chegou a pensar que perderia o bebê, graças ao atendimento, suporte e profissionalismo da equipe que o atendeu. "Se tem uma palavra que resume o que eu sinto hoje é gratidão. A forma com que os profissionais e os médicos do Hospital Unimed Chapecó conduziram a situação nos transmitiu muita segurança", ressalta a mãe.

 

A rotina entre casa e visitas à UTI Neonatal rendeu à Cleunice um diário onde ela conta todas as experiências as quais está vivendo nesse momento em que os bebês ainda permanecem internados. É nos corredores e nas poltronas das salas de espera do Hospital Unimed que ela encontra inspiração para escrever e eternizar cada etapa da evolução diária dos bebês. "Quando eles estiverem maiores, quero que leiam e saibam por tudo o que passaram e quanto foram bem atendidos nesse Hospital", conta ela.

 

A expectativa da mãe é pela alta dos bebês e, é claro, pela total recuperação de Benjamin. Mas, sabe que, enquanto permanecerem internados, estarão em boas mãos. "Quero agradecer a toda a equipe. A começar pela Dra. Simone Batisti Giroldi, obstetra que acompanhou toda a gestação, orientando e cuidando de cada detalhe para que fosse único e tranquilo, e por ser tão profissional e amiga, transformou o momento de desespero de nós pais, um pouco menos dolorido estando na hora e no lugar certo para trazer ao mundo meus dois bens mais preciosos. Agradeço ao empenho do Dr. Rafael, à dedicação da Dra, Maria de Fátima e ao profissionalismo do Dr. Leonardo, sem esquecer de todas as enfermeiras e técnicas e todos os pediatras que estão dedicando os melhores cuidados a eles nesse período de internação. E como não falar dos momentos de ordenha, que é um momento único para uma mãe. Nesta sala conhecemos e trocamos experiências com outras mães, mas também desabafamos nossos medos e angustias para a enfermeira Elizete, que é profissional, amiga e em muitos momentos nossa "psicóloga". Eterna gratidão! ", conclui. 

Cleunice conta em um diário a experiência vivida com os pequenos Benjamin e Bernardo (crédito Andressa Recchia)
Cleunice conta em um diário a experiência vivida com os pequenos Benjamin e Bernardo (crédito Andressa Recchia)
Um dos textos escrito no diário conta sobre como foi o dia em que Benjamin passou pela cirurgia (crédito Andressa Recchia)
Um dos textos escrito no diário conta sobre como foi o dia em que Benjamin passou pela cirurgia (crédito Andressa Recchia)
Dr. Leonardo Lacava Lopes, Dra. Juliana Nunes de Nunes Valentini, Dra. Maria de Fátima Pinetti (crédito Andressa Recchia)
Dr. Leonardo Lacava Lopes, Dra. Juliana Nunes de Nunes Valentini, Dra. Maria de Fátima Pinetti (crédito Andressa Recchia)
Dr. Rafael Queiroz dos Santos (crédito Andressa Recchia)
Dr. Rafael Queiroz dos Santos (crédito Andressa Recchia)

© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções