Atualizado 05/10/2018

Sistema Faesc/Senar promove programa de saúde da mulher rural

Com o objetivo de gerar oportunidades de educação e prevenção do câncer do colo do útero, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das mulheres do meio rural por meio da prevenção de doenças, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), promove o Programa Saúde da Mulher Rural.

 

Em outubro serão realizados quatro eventos nos dias 11 (quinta-feira) em Paulo Lopes17 (quarta-feira) em Bom Retiro19 (sexta-feira) em Treviso e 25 (quinta-feira) em Palmeira. As ações serão promovidas com a parceria das Secretarias de Saúde dos municípios e dos Sindicatos Rurais que os municípios estão vinculados (Florianópolis, Bom Retiro, Nova Veneza e Otacílio Costa).

 

O programa visa, ainda, sensibilizar e conscientizar as mulheres do meio rural sobre a importância da prevenção de doenças, através de palestras sobre saúde preventiva, com foco no câncer do colo do útero. Durante o evento serão realizados exames Papanicolau e desenvolvidas atividades com o foco na prevenção e tratamento com rapidez.

 

De acordo com a coordenadora estadual do programa, Gisele Kraieski Knabbena, a intenção é estimular o aumento da autoestima e os cuidados com a saúde das mulheres do meio rural. “O evento tem como foco as mulheres do meio rural que nunca fizeram ou que estejam com o exame preventivo atrasado há pelo menos dois anos”.

 

Conforme avalia o superintendente do Senar/SC, Gilmar Antônio Zanluchi, a preocupação é reduzir o número de vítimas de câncer entre as mulheres do meio rural. Para isso é necessário alertá-las com relação ao diagnóstico precoce das doenças uma vez que, quanto antes for identificado, mais tranquilo e exitoso é o tratamento.

 

O presidente do Sistema Faesc/Senar, José Zeferino Pedrozo, complementa que a intenção do Sistema Faesc/Senar é gerar oportunidades de educação e prevenção, levando conhecimentos que possibilitem a mudança de atitudes favorecendo melhor qualidade de vida. “Zelamos e nos preocupamos com a saúde de um dos maiores patrimônios que o Brasil possui: os (as) produtores (as). São eles os responsáveis por produzir os alimentos que chegam na mesa de milhões de pessoas”, enfatiza.

Fonte: Fecoagro
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções